Istambul: Amor à primeira vista

Aproveitando o momento Salve Jorge que está todo mundo amando ver as cenas de Istambul. Decidi contar aqui a maravilhosa experiência que tive nessa cidade.
Tenho mania de tirar foto dos meus pés com o nome das cidades que vou! Literalmente, por onde andei!
Estive lá no final de Maio, a temperatura era agradável mas ainda fresquinha comparando com os outros lugares que fui na mesma viagem.
A primeira surpresa foi ver do navio aquela linda cidade cheia de mesquitas com grandes minaretes. Fiquei encantada e pulava de alegria! Sabia que o que vinha pela frente não ia me descepcionar.
Como erámos muitos (11 pessoas) optamos por contratar um guia local para nos acompanhar e mostrar toda a cidade e não nos arrependemos. Esse guia foi indicação de uma tia que tinha ido fazer o mesmo passeio no ano passado. O passeio começou as 8:30 quando o Alp já estava no porto nos esperando! A primeira parada foi na Hagia Sophia, uma mesquita linda!!!
Entrada, só sem sapatos!
Para entrar, temos que tirar os sapatos! E apesar do lugar ser limpo tem um cheiro de chulé gigante! Outro ponto importante, as mulheres precisam cobrir a cabeça (sempre ando com um lençol na bolsa para não deixar de entrar nos lugares). Também não se pode entrar de bermuda e com os ombros de fora.
O lugar das orações é isolado e duas vezes por dia a mesquita fica fechada para que as pessoas possam entrar para rezar nesse tapetão com esse lustre lindo!
Segunda parada: Mesquita Azul! Um dos lugares mais visitados de Istambul! Uma lugar lindo também e bem diferente das coisas que já tinha visto, na verdade, existem muitas coisas parecidas com o Marrocos,mas isso é assunto para outro post.
Sim , a mesquista azul não é azul por fora e sim por dentro com todos os mosaicos e símbolos ali existente. O lugar é mega imponente por dentro e passa uma paz grande apesar da quantidade de gente que tem por ali. Vale a pena subir e conhecer os mosaicos feito em ouro que ali se encontram.
Aqui não precisamos tirar os sapatos :) (o lugar era mais cheiroso também!).
O post está ficando gigante mas quero mostrar mais coisas de Istambul para vocês. Saimos de lá e fomos no Palácio Topkapi! Tinha visto em vários guias e também em um livro que tinha lido sobre a cidade que era um lugar imperdível e por isso fiz questão de ir lá também. O lugar é lindo e foi construído para sutões otamanos vivessem com as suas inúmeras mulheres.
O lugar surpreende desde a entrada!
Eu e Tainá, minha irmãzinha!
O palácio tem bastantes cômodos que estão separados pela grande área. Vale a pena gastar um tempo por lá conhecendo tudo.
Vista do Rio Bósforo do Palácio Topkapi
Próxima parada: o almoço que estava incluso no nosso passeio. Eram pratos prontos mas podemos provar uma salada típica e um kebab bem gostoso. Também provei a cerveja turca Efes, que achei bem gostosa! Não sou uma especialista em cerveja mas gosto sempre de provar as cervejas locais :)
Para mim uma das maiores surpresas foi conhecer a cisterna. Entramos por lá numa escadinha pequena e lá embaixo era um lugar enorme, com pouca luz e bem úmido (claro, é um lugar para guardar água…rs)! As fotos não ficaram muito boas por causa da falta de luz mas vale muito a pena ir até lá.
Segue abaixo o mapa de onde fica a cisterna. Ela fica muito próxima dos principais pontos turísticos da cidade.

Informações adicionais de Istambul:

Guia local: Alp ou Baskut
Preço: 75 euros/pessoa (incluindo almoço)
Almoçamos no Khorasani
Dica da Luiggi: Antes de ir li um livro chamado Istambul de Orhan Pamuk, que fala bem da cidade e despertou o meu interesse por essa cultura tão diferente! Indico para quem quiser conhecer um pouco mais.
Siga o Luiggi no Mundo também no Instagram.
Escrito por Ingrid Luiggi
Vai para Istambul? Faça a sua reserva pelo Booking.

0 comentários Comentar via blog

Comentários via facebook

Deixe seu comentário