Uma grande surpresa: Bogotá

Fui para Bogotá meio que por acaso, pois uma das minhas melhores amigas da época que morei em Madrid morava lá e decidimos fazer um encontro para matar a saudade. Outra amigona que é venezuelana também foi e assim começou a minha viagem, sem muitas expectativas sobre a cidade mas mega feliz porque ia encontrar pessoas queridas!
Antes de ir todo mundo me perguntava o que fazer num lugar tão perigoso,  fui sem muito medo e quando cheguei lá vi que o perigo aparente é o mesmo que temos aqui no Brasil. A principal recomendação que tive das amigas foi não pegar um taxi qualquer na rua e sim de empresas credenciadas e usar principalmente a solicitação por telefone. Também tive um pouquinho de medo no centro, mas nada diferente do que andar nos nossos centros das grandes cidades brasileiras.
A programação ficou por conta das minhas amigas e essa foi uma grande viagem!
Cheguei no final do dia, o trânsito em Bogotá é um caos! Tão ruim que eles tem rodízio (pico y placa, como eles falam) de 2 a 3 vezes por semana. Fui direto jantar num lugar super agradável El Corral, uma rede de hamburguers bem gostosa! Fui na zona Z um lugar cheio de restaurantes e bem charmoso, mas tem essa rede por toda a cidade, e descobri na internet que tem em todo o país, e vale a pena no momento de comer algo rápido e gostoso.
Vista geral da cidade! Eles tem bastante ciclovias, o que é ótimo para uma cidade plana e com o trânsito caótico!
A cidade tem dois grandes museus: o Museu del Oro e o de Boterro (ou deixar para falar num post só dele para poder colocar muitas fotos!!). Que valeu muito a visita!  Os dois ficam no centro da cidade, onde também tem uma catedral linda que fica na Plaza Mayor. Passar um dia por ali eh bem gostoso!
Outro lugar bem famoso é um restaurante/baladinha Andrés Carnes de Res, o original fica em Chia, na regiáo metropolitana de Bogotá. Fomos numa turma grande e alugamos uma van para nos levar, o que valeu muito a pena! O lugar é o máximo, tem uma decoração maluquete, garçons divertidos e uma comida típica muito gostosa! Tem uma banda e pista de dança que toca música pop e latina. Dançamos bastante!!  Também tem um Andrés Carnes de Res no centro de Bogotá, ele é menor, não tem a pista de dança mas dá para ter ideia do clima do lugar e dá para prova a comida.
Uma geral do Andrés Carnes de Res! Eles são cuidadosos em todos os detalhes!
Nos domingos existe uma feirinha com artesanato e comida típica em Uzaquen. Passamos um domingo muito agradável por lá! Para comer também tem uns restaurantes legais pela região, acabamos comendo algo no Crepes and Waffles, rede colombiana que também tem por todos os lugares. E ainda fomos tomar uma cerveja no Bogotá Beer Company.
Pelas ruas de Usaquén!
Para ter ideia do tamanho da cidade, um passeio bem legal foi ter ido a Monserrate, pegamos um taxi e fomos até o teleférico para poder subir. A vista lá de cima é linda!! E a cidade é realmente bem grande, só para avisar que exige uma caminhada numa subida mas vale a pena!
Com Andreina, minha amiga venezuelana, no teleférico para subir ao Cerro Monserrate.
Achou que Bogotá era pequena? Olha aí o tamanho dela!
Vista da lateral da igreja do Cerro de Monserrate.
Dicas Gerais:
  • A cidade fica numa serra e por isso sempre faz um friozinho. Vale levar casaquinhos e bota!
  • Como falei antes, use taxis credenciados ou serviços de tele taxi.
  • Usei o metro deles que liga a cidade de norte a sul e é uma boa opção para ir ao centro, porém fuja do horário de rush! Simplesmente impossível ficar em pé!
  • Cuidado com a bolsa e carteira, principalmente no centro da cidade.
  • Prove a comida típica do local! Ela é maravilhosa!!!
Mais dicas de Bogotá: Museu Botero, vale a pena conhecer! Clica aqui!
Vai para Bogotá? Faça a sua reserva pelo Booking.
Banner_Booking_FimPost

0 comentários Comentar via blog

Comentários via facebook

Deixe seu comentário