Budapeste: Roteiro de 3 dias – Walking Tour e Ruin Pub

Parlamento

Confesso que ir para Budapeste não estava na minha lista de prioridades, mas por sugestão da minha amiga que fui visitar em Londres e após alguma pesquisa de passagens baratas, virou a escolha para um final de semana. Não podia me surpreender mais com o que vi! Cidade incrível, passeios legais e baratos, gente simpática e atenciosa!

Grande vantagem: a cidade é  relativamente pequena e fizemos praticamente tudo a pé!  O clima nos ajudou e conseguimos aproveitar o máximo nos nossos 3 dias!

Vou contar os detalhes do meu roteiro e espero que gostem!

Walking Tour – Budapeste

Chegamos  no sábado de manhã, deixamos a mala no hotel e corremos para o nosso primeiro passeio que foi um walking tour gratuito (Free walking tours Budapeste). Já havia feito um do mesmo tipo em Berlim e sabia que essa era uma boa forma de  conhecer um pouco mais a história da cidade. que tem uma democracia bem recente apenas desde 1989!

O walking tour sai do centro da cidade e eles tem um às 10:00 e outro as 14:00. Ele não é exatamente grátis porque no final você deve dar algo entre 5 e 10 euros por pessoa, o que eu acho bem justo! O passeio durou aproximadamente 3 horas e conhecemos os dois lados: Buda e Peste!

Catedral de Peste

Basílica de Peste

A primeira parada foi a Basílica de Peste que é bem imponente, segundo o guia, ela era apenas uma igreja, mas o Papa (não me pergunte qual Papa, porque eu esqueci!) foi passear pela cidade e disse “que linda basílica” e desde então, ela é considerada uma! Não entramos, mas se pode subir até a cúpula para ver toda a cidade.

A linda Chain Bridge - Ponte das Correntes

A linda Chain Bridge – Ponte das Correntes

Uma das principais atrações da cidade é a Ponte das Correntes, ela é realmente muito bonita e uma das principais ligações entre os dois lados.

Vista de Peste desde o castelo de BudaVista de Peste desde o castelo de Buda

Chegando do outro lado na região do castelo, temos uma vista linda de Peste! Realmente de tirar o fôlego! o prédio mais imponente é o parlamento que foi feito inspirado no parlamento inglês, e mesmo sendo inspirado, não deixa de ser lindo!

Andamos pelo castelo, conhecemos a Matias Church e o Fisherman´s Bastion também muito bonitas. Todas ficam na região do castelo e é fácil andar por ali.

Voltamos para Peste andando mesmo, cruzamos a ponte novamente e seguimos nosso passeio.

Bairro Judeu – Budapeste

De lá resolvemos ir conhecer o bairro judeu, onde encontramos um bairro descolado, com feirinhas de rua, gente jovem e alegre pelas ruas com muitos bares e cafés. Foi amor à primeira vista,e no final da viagem foi confirmado que esse foi um dos nossos lugares favoritos na cidade.

20150509_182819

Decoração descolada do Szimpla

20150509_184037

Ruin Pubs – Budapeste

Terminamos o dia num “ruin pubs”, ou melhor explicando os bares de ruínas, que foram construídos com doações de objetos de decoração de quem os frequentava. Fomos para o Szimpla, indicação de uma amiga que tinha ido, e não podia ter sido melhor! O lugar tem um ar descolado, é bem grande com espaço (fomos cedo, não sei se mais tarde fica mais lotado), com uma música alegre e um hambúrguer delícia. A cerveja que eles vendem também é artesanal! Dica imperdível essa!

Endereço Szimpla

Budapest, Kazinczy u. 14, 1075 Hungary

Telefone:+36 20 261 8669

Horário de funcionamento: 12:00 pm – 4:00 am

Veja também os outros posts sobre Budapeste:

Dia 2: Piscinas Termais

Dia 3: Sinagoga, Mercado, Rio Danúbio, Margit 

Vai para Budapeste? Faça a sua reserva pelo Booking.

Banner_Booking_FimPost

1 comentário Comentar via blog

Comentários via facebook

Comentários via blog

Deixe seu comentário