Teotihuacan e Nossa Senhora de Guadalupe no México

Teotihuacan

Conhecer as pirâmides de Teotihuacan era uma das prioridades dos nossos passeios pelo México e o lugar é realmente incrível e não nos decepcionou.

Entramos pela entrada principal, logo onde o ônibus nos deixou. Compramos um mapa para ter algum tipo de informação, mas não é necessário para se locomover lá dentro, mas achei bom ter uma ideia do que estava vendo já que optamos por não fazer a visita guiada.

Iniciamos o passeio pelo Edifício Sur, que foi o primeiro monumento que vimos após andar um pouco da entrada. Subir essas escadas não é tão simples assim, na verdade achei mais crítico descer, e começar por uma pirâmide mais baixa ajudou a dar coragem para subir as demais.

Dica de um guia que estava lá, é descer a escada de lado, olhando para frente e não para baixo, o que é o mais natural mas também dá um medinho.

O lugar tem uma energia indescritível, ficar observando aquelas ruínas que um dia já foram uma cidade, dizem que as construções começaram 100a.c. e chegou a ser a maior cidade pré colombiana, é realmente encantador! Mesmo para quem não curte história vale a visita pela beleza do lugar!

Seguimos para visitar a pirâmide do Sol, que é a maior das pirâmides e fica bem no meio do parque arqueológico. Para chegar ao topo são 203 degraus, alguns mais estreitos outros bem altos. Em alguns locais tem um corrimão, mas a maioria da subida é sem ajuda alguma. A vista do lugar é espetacular! (vou ficar repetindo isso aqui, porque amei esse passeio) e o mais interessante foi chegar no topo e ter um grupo de pessoas, cantando e rezando, achei curioso!

A última pirâmide é a da Lua, achei que não ia aguentar subir em mais uma, mas consegui e fiquei feliz pois é de lá que se tem a melhor vista da Pirâmide do Sol.

A saída ficava próxima e de lá pegamos o ônibus para o Santuário de Nossa Senhora de Guadalupe. Tem dois o ônibus, o outro você tem que voltar para o Terminal Norte e de lá pegar outro para o Santuário, e escolhemos pegar o que passa por Indios Verdes. Descemos na parada “Deportivo 18 de Marzo”,  (parada depois de Indios Verdes, que é um terminal de ônibus.

Almoçamos no “Le Bisquets de Obregon” um restaurante honesto bem na parada do ônibus, nada espetacular mas deu para matar a fome. Saindo do restaurante vire a esquerda, siga até a ponte e vire a direita, depois é só seguir direto que você chega no Santuário.

Santuário de Nossa Senhora de Guadalupe

A Nossa Senhora de Guadalupe é a padroeira do México, e os mexicanos são bem devotos dela. Achei que culturalmente seria interessante conhecer o santuário.

O local tem a basílica nova, que é um prédio bem moderno mas mesmo assim achei bonito e tem a catedral antiga que é linda, e torta como todos os prédios do México (por causa dos terremotos). Ótimo lugar para comprar santinhos para as tias católicas!

Sem dúvida, esse foi um dia cheio de energias positivas, onde pude agradecer a minha viagem e principalmente o meu casamento, já que estava em lua de mel!

Como chegar as Pirâmides de Teotihuacan

Optamos por ir de ônibus, pesquisei bastante antes de ir e vi que era tranquilo e também a opção mais econômica. Pegamos um Uber até o Terminal Central de Autobuses del Norte (Terminal Norte), onde compramos as passagens no Autobuses Teotihuacan, quando chegar no terminal ela fica no lado esquerdo, bem no final. Todo mundo no ônibus estava indo para as pirâmides! Mas de qualquer forma se certifique em comprar o bilhete para as pirâmides e zona arqueológica, para não ir para o centro da cidade.

O bilhete custou 46 pesos e a viagem durou aproximadamente 1H30m.

Endereço do Terminal Norte: 07760, Eje Central Lázaro Cárdenas 271, Magdalena de las Salinas, Ciudad de México, CDMX, Mexico

Dicas Práticas

  • Vá de roupa e sapato confortável, você vai andar bastante. Mesmo se estiver frio, vá de legging e leve um casaco que possa tirar quando tiver morrendo de subir escadas.
  • Quase não tem sombra no lugar, use protetor solar e vá de chapéu.
  • Leve uma garrafinha de água com você, não é fácil comprar água no lugar.
  • Na volta das pirâmides, a polícia parou o ônibus, pediu para todos os homens descer para fazer revista e depois revistaram todas as nossas bolsas (sem sair do ônibus mesmo). Confesso que fiquei bem assustada, mas nada de mais sério aconteceu. De qualquer forma não foi uma boa experiência!
  • Fique sempre atenta a sua bolsa, principalmente quando tiver andando na rua. Nada aconteceu mas sou medrosa e sempre é válido reforçar essa dica.

Vai para o México? Faça a sua reserva pelo Booking.

Banner_Booking_FimPost

 

 

 

0 comentários Comentar via blog

Comentários via facebook

Deixe seu comentário