Rio de Janeiro: Fim de semana na cidade maravilhosa

Passei o último final de semana no Rio de Janeiro com meu marido para aproveitar as prévias de carnaval e curtir a cidade, como temos feito pelo menos uma ou duas vezes por ano! Adoro passar uns dias na cidade, gosto do jeito leve que o carioca vive e sempre volto com boas energias.

Dessa vez ficamos hospedados na Urca, nos últimos anos tenho explorado mais outras regiões além de Ipanema e Leblon, que sempre foram meus locais favoritos.

Dia 1

Chegamos pela manhã e como só poderíamos ir para o local que íamos nos hospedar ao meio dia, saímos do aeroporto e fomos direto para a praça Mauá, onde fica o MAR, o Museu de Arte do Rio. O museu fica num prédio lindo que tem uma escultura no topo que lembra uma onda! Bonitão!

Adoro essas imagens antigas do Rio!

As exposições que estavam no Museu era uma sobre Leopoldina, que tem tudo a ver com o momento que a família portuguesa se mudou para o Rio de Janeiro e lá dá para ver um pouco dessa mulher que teve bastante influência na história do Brasil.

Também tinha em outros andares, obras de diversos artistas brasileiro e até uma performance que parece mais uma “pegadinha”. Achei tudo bem interessante, valeu a visita!

Do último andar do prédio do MAR se tem uma vista linda para o Museu do Amanhã, outro passeio que pode ser feito no mesmo dia. O boulevard olímpico com as obras de Kobra também fica próximo, mas como a ideia era só ir no MAR (já estive lá no meio do ano passado).

Museu do Amanhã – Visto do 6º andar do MAR

De lá seguimos para nosso “lar” do final de semana que ficava na Urca, muito próximo do Bar da Urca, com uma vista linda! Decidimos almoçar no Bar da Urca mesmo, mas só para avisar que o restaurante não é barato, ele é simples com uma boa comida e pratos grandes para dividir.

Descansamos um pouco, você sabe que está ficando mais velha quando quer descansar a tarde…rs… mas a ideia era de um fim de semana relax mesmo! No início da noite ainda com o dia claro, voltamos para o Bar da Urca para tomar uma cerveja na famosa mureta e comer uma deliciosa empada de camarão!

A noite terminou tarde quando já estávamos morrendo de fome depois de tanta cerveja no Hell´s Burguer (Botafogo), onde se come na calçada hamburguer de costela. Confesso que senti falta de uma maionese caseira temperada para acompanhar (#loucapormaionese) mas a carne do hamburguer era bem saborosa!

Dia 2

Acordamos cedo para chegar no primeiro bloquinho da programação: o Desliga da Justiça, na Praça Santos Dumont na Gávea. A ideia era almoçar por lá mesmo no Braseiro da Gávea, ou ir conhecer o restaurante Guimas (dica da minha amiga Ciça Rego Macedo ), mas acabamos saindo cedo do bloco e seguimos andando para o Leblon. Acabamos no Bar Bracarense (Rua José Linhares, 85) para tomar umas caipirinhas. O bar é um clássico carioca com mesas na calçada e um chopp gelado. Lugar para ir depois da praia!

Fizemos o passeio inverso, saímos do bar e fomos para a praia do Leblon, sentir um pouco da energia boa do lugar e tomar um bom banho de mar (na verdade entrar no mar aqui é bem aventura, mar agitado, tem um degrau gigante de areia mas é sempre bom! rs).

Almoçamo no Leblon mesmo num restaurante-boteco chamado Galitus, comida gostosa! Mas era mais um boteco que um restaurante…rs

A noite fomos para os bares da Rua Nelson Mandela em Botafogo. Como estávamos hospedados na Urca esse era um dos lugares mais perto para dar uma volta. Gosto bastante de andar pelos bares do Leblon, pela Dias Ferreira tem sempre algo novo por lá. Passei durante o dia no Ribas e no Sabor Doc e acho que vale a pena ir a noite para uns drinks.

Dia 3

Dia de mais um bloquinho, dessa vez fomos para o bairro de Laranjeiras, o Volta Alice. Adorei a região, ela fica atrás do Flamengo e tem umas ruas estreitas e é bem arborizada. Valeu ter ido para conhecer o bairro.

Fomos almoçar com um amigo próximo da Praça São Salvador, região nova para mim também! No domingo eles tem um feirinha e tem um sambinha. Lugar descontraído para tomar cerveja na rua.

Como estávamos perto fomos no Café Lamas, um restaurante bem antigo de 1874, comer um maravilhoso pudim de claras!!! Adoro e não acho fácil em São Paulo! O restaurante é famoso pelo filé a parmigiana comi outra vez e adorei!

E voltamos para São Paulo a noite, com vontade de ficar mais…. como sempre! Até a próxima vez, meu Rio de Janeiro!

Hospedagem – Rio de Janeiro

O Rio é uma cidade cara, e a hospedagem não é diferente! Por isso sempre opto por usar o Airbnb. Dependendo do orçamento da viagem, ficamos em lugares melhores ou mais simples. O que aprendi com o tempo é que não dá para ficar em quartos sem ar condicionado, e a localização sempre é fundamental!

O Booking é uma boa opção para quem quer ficar num hotel.

Informações adicionais – Rio de Janeiro

MAR – http://www.museudeartedorio.org.br/pt-br

Entrada: R$20,00

Eles tem guarda volumes caso precise deixar as malas, como nós fizemos! :)

Já escrevi outros posts sobre o Rio:

Jardim Botânico

Gostou do post? Tem alguma dúvida? Deixe seu comentário aqui embaixo!

 

0 comentários Comentar via blog

Comentários via facebook

Deixe seu comentário